lipoaspiração

Lipoaspiração: como é a recuperação e os cuidados pós-operatórios?

A lipoaspiração é uma cirurgia que visa melhorar o contorno corporal. A concentração de gordura em certas partes do corpo pode ocorrer devido à diversas causas, como a falta de atividade física, o peso descontrolado ou mesmo fatores genéticos.

No entanto, ainda que a pessoa tenha uma vida saudável, pratique exercícios de forma correta e se alimente bem, é possível acumular gordura nas coxas, nos braços, no pescoço, na cintura etc.

A solução para remodelar essas áreas do corpo nas quais ocorre o depósito de gordura desproporcional pode ser encontrada na lipo. O procedimento visa remover o tecido adiposo localizado, remodelando o contorno e melhorando a proporção do corpo. 

Entretanto, para que o resultado da cirurgia seja satisfatório, é necessário seguir as recomendações do médico no pós-operatório. Entenda tudo sobre isso neste artigo.

O que ocorre durante a lipoaspiração

O procedimento começa quando o paciente recebe a anestesia mais indicada e previamente discutida com o cirurgião. Em seguida, são feitas pequenas incisões por onde passa um cânula muito fina, que serve para soltar a gordura do corpo, por meio de movimentos de vaivém. Quando a gordura se solta, é aspirada por um aspirador cirúrgico ou uma seringa ligada à cânula.

Como é a recuperação da lipoaspiração

A região lipoaspirada é envolvida por bandagens ou malha de compressão. Isso serve para reduzir o inchaço e comprimir a pele. Em alguns casos, um dreno é inserido nas incisões para eliminar excesso de sangue e fluidos.

Os pontos são retirados dentro de 14 dias, em média. Enquanto isso, a limpeza dos curativos pode ser realizadas em casa. O inchaço demora entre quatro e seis semanas para desaparecer. No entanto, dependendo dos cuidados no pós-operatório e da reação do organismo, podem permanecer por até oito meses.

Cuidados no pós-operatório da lipoaspiração

O resultado da cirurgia poderá ser visto assim que o inchaço desaparecer. Para manter a melhora do contorno corporal e não ter nenhuma complicação no pós-operatório,  é necessário ter alguns cuidados.

Higienizar o local da cirurgia adequadamente

A área tratada ficará sensível logo após a cirurgia. Portanto, estará mais suscetível a alergias e inflamações. Os curativos devem ser trocados e a área higienizada de acordo com a orientação do seu médico para garantir a cicatrização adequada.

Usar malha modeladora

Durante os primeiros 45 dias após a lipoaspiração é imprescindível o uso de cintas modeladoras. Elas servem para comprimir a pele deslocada durante o procedimento e posicioná-la no lugar correto.

Evitar esforço e atividades físicas

No primeiro mês, o esforço físico intenso deve ser trocado por atividades mais leves, como caminhadas curtas. Uma semana após a cirurgia já é possível voltar ao trabalho, desde que a área tratada não seja muito exigida. 

Fazer drenagem linfática

Geralmente, o próprio médico vai indicar a quantidade de sessões de drenagem necessárias. A massagem promove diminuição do inchaço e da retenção de fluidos no corpo. Isso ajuda na cicatrização e atenua o desconforto. 

A ansiedade pelo resultado é perfeitamente natural após a lipoaspiração, sobretudo porque demora algum tempo até ser percebido com efetividade. É indispensável não deixar que isso atrapalhe a recuperação. Cirurgia plástica não é uma ciência exata, portanto nenhum resultado é 100% garantido. Manter a dieta em dia, hidratar-se corretamente, seguir as orientações indicadas pelo cirurgião constituem uma boa forma de obter resultado desejado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião plástico em Patrocínio.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp