Bioestimulação de colágeno

Bioestimulação de colágeno: para que serve?

Você conhece a bioestimulação de colágeno? Trata-se de um procedimento minimamente invasivo, que tem ganhado cada vez mais destaque entre os procedimentos estéticos. Tamanho sucesso se deve ao fato de que a técnica utilizada é capaz de restaurar a elasticidade e sustentação da pele da face e do corpo, por meio do estímulo à produção de colágeno.

Quer saber exatamente o que é e para que serve o tratamento? Leia o artigo completo e descubra maiores detalhes sobre o procedimento.

O que é a bioestimulação de colágeno?

A bioestimulação de colágeno é um procedimento feito no consultório médico. Ele consiste na injeção de substâncias específicas (ácido poli-L-lático ou hidroxiapatia de cálcio) em pontos estratégicos do rosto, colo, pescoço, abdômen, braços, coxas, etc.

Tais substâncias são reabsorvíveis e biocompatíveis, o que torna o processo seguro e sem riscos de complicações, como, por exemplo, a rejeição.

Qual a diferença entre bioestimulação de colágeno e preenchimento?

Embora ambos os tratamentos se baseiem na aplicação de substâncias, na bioestimulação de colágeno o produto é aplicado mais superficialmente. Por outro lado, no preenchimento, os componentes são injetados em diversas camadas, a depender da finalidade e planejamento do tratamento.

Como o próprio nome sugere, no preenchimento, a intenção maior é preencher sulcos e rugas, além de dar volume e projetar áreas com depressões e irregularidades. Já a bioestimulação não preenche e nem projeta. Ela apenas estimula a produção de fibras de elastina e colágeno para melhorar a qualidade da pele, com naturalidade e sem invasão.

Para que serve este tratamento estético?

Entre 1 e 2 meses depois da aplicação, a produção de colágeno começa a aumentar nas regiões onde as substâncias foram aplicadas, produzindo, assim, uma série de efeitos positivos na pele.

Os resultados estéticos incluem a melhora geral da qualidade e estruturação cutânea, gerando uma pele mais viçosa, firme e hidratada. Além disso, há uma significativa melhora na aparência das rugas, já que um dos principais benefícios da bioestimulação é o rejuvenescimento da cútis.

Para quem é indicada a bioestimulação de colágeno?

A técnica é altamente recomendada para pessoas que possuem flacidez nos braços, acúmulo de pele abaixo do queixo e no colo, além de pele caída nas bochechas. Ela pode ser útil também para quem deseja aumentar a elasticidade e firmeza da pele, em áreas como a face interna das coxas, o joelho e a barriga. Em todas essas situações, tal procedimento é bem-vindo e pode trazer ótimos resultados aos pacientes.  

Quais as vantagens da bioestimulação de colágeno?

Quando se fala em bioestimulação de colágeno, é importante destacar que tal procedimento possibilita um resultado natural, harmonioso, gradual e duradouro. De toda forma, esses benefícios dependem primeiramente de uma boa avaliação para definir quantas sessões são necessárias para cada caso.

Em segundo lugar, é indispensável que a bioestimulação de colágeno seja realizada por um profissional qualificado e em ambiente adequado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião plástico em Patrocínio!

Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp